segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Carteira Assinada


Meu nome é trabalho hora extra e dinheiro no bolso
Filho da necessidade
Pai do cansaço
E o que é meu deste pedaço
É, senão, o riso, pouco e rouco e fraco
Do ganhado e guardado
Perante o penhasco

Canto e canso
E por cansar
Lamento o tempo perdido
No entanto
Meus cantos vibram mais
A melodia é maior
Em tons mais altos.


( João Cortez, Paulo Reis, Thiago Albino )

3 comentários:

Guzma disse...

Lembrou-me uma música do Pato Fu... Vida de Operário (Album Gol de Quem)

paulalimdissima disse...

muito bom gostei xerus

AMANDA disse...

Caro poeta....
Parabéns pela sua criatividade...
vc tem um grande potencial..
continue assim e vc vai longe!

um grande beijo..
e um abraço....

msn:amanda_lopesm@hotmail.com